ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Belo é acusado de calote por vigia e jardineiro

11/10/2017

Respondendo a processo movido pelo proprietário do imóvel em que mora por supostos R$ 500 mil atrasados em aluguel, o cantor Belo é acusado de calote também por um vigia e um jardineiro.

O vigia Manoel Apolinário, de 53 anos, que atua em uma das guaritas de rua do Jardim Paulista, em São Paulo, disse ao Uol que a antiga moradora e dona da casa lhe fazia um depósito mensal.

"Ela foi embora do Brasil, olhávamos a casa dela e todo mês ela depositava o dinheiro na nossa conta. Mesmo sem morar aqui ela pagava. Depois é que ela alugou a casa e veio morar o Belo. e disse que iria colaborar com a gente. Passou o primeiro, o segundo mês e ele acertou com a gente - mas menos do que ela [a proprietária] pagava. A gente aceitou. Daí pra frente, não pagou mais."

Já o jardineiro José Carlos afirmou que foi contatado por Belo enquanto fazia serviço em uma das casas da região - realizou o trabalho para o cantor em dois dias e cobrou R$ 400. "Cobrei umas duas, três vezes. Não foi diretamente com ele. Cheguei lá, deixei o recibo e falei que passava mais tarde para pegar o cheque. Até hoje... Deixei pra lá", explicou ao portal.

(Fonte: Notícias ao Minuto)

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar