ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Paróquia SantAna em preparação para o Jubileu de Ouro

Em celebração aos cinquenta anos de fundação, a paróquia Sant’Ana, em Guarapuava, preparou uma programação diversificada. Novena e atividades lúdicas fazem dos festejos.

16/02/2018

No dia 10 de março de 2018, a paróquia Sant’Ana, em Guarapuava, comemora cinquenta anos de sua fundação. Para celebrar o momento especial, o tema escolhido foi: “Paróquia Sant’Ana, 50 anos de evangelização”.

Desde o dia 25 de outubro de 2017, durante a festa da padroeira, os festejos jubilares foram lançados. A partir de então, uma vasta programação passou a ser planejada pelos coordenadores de pastorais e movimentos da paróquia, com o intuito de deixar ainda mais bonita a comemoração pelo meio século de existência desta que foi a primeira paróquia fundada pela diocese de Guarapuava.

Conforme o administrador paroquial, padre Itamar Abreu Turco, o momento é de muita alegria pela vivência do ano jubilar. “Sant’Ana foi a primeira paróquia criada pela nossa diocese. O tempo passou e muita coisa mudou. A cidade cresceu e a Igreja se torna cada vez mais necessária na vida das pessoas. Por isso, este meio século de existência de nossa paróquia é uma oportunidade única para se celebrar e viver o Jubileu em sua plenitude. Começamos nossa preparação já no ano passado, pois tudo isso demanda dedicação e tempo. Por isso, este é o momento de fortalecermos nossos vínculos familiares e de celebrar a vida e a união. Estamos em festa e convidamos a todos para que venham celebrar conosco”, destacou padre Itamar.

PROGRAMAÇÃO

No dia 01 de março, quinta-feira, às 19h, terá início a Novena que a cada dia abordará um tema diferente, conforme a programação:

01/03, quinta-feira, Novena pelos avós, seguida de noite da sopa.

02/03, sexta-feira, Novena pelos padres, com noite das pizzas.

03/03, sábado, Novena pelos batizados, com noite do pastel.

04/03, domingo, Novena pela Primeira Eucaristia, com noite do espetinho.

05/03, segunda-feira, Novena pelos crismados, com noite do cachorro-quente.

06/03, terça-feira, Novena pelos casados, seguida de jantar no salão paroquial.

07/03, quarta-feira Novena pelos coordenadores de Movimentos, com confraternização.

08/03, quinta-feira Novena pelos coordenadores de Pastorais, com noite do cheeseburger.

09/03, sexta-feira, Novena pela memória da paróquia, seguida de barraquinhas de doces e salgados.

No dia 10, sábado, haverá a grande festa do jubileu dos cinquenta anos. Às 09h da manhã, haverá bênção dos veículos em frente à matriz. Às 14h, inicia-se a tarde festiva, com brinquedos infláveis para as crianças, barraquinhas de doces e salgados, além de várias diversões. Às 15h, haverá uma oração pelos avós. Depois da oração, às 16h, a festa segue com apresentações artísticas diversas. Às 17h será exibida a primeira sessão de um documentário sobre a paróquia Sant’Ana.

À noite, às 19h, terá início uma missa jubilar. Depois da celebração, haverá a apresentação da segunda sessão do documentário sobre a comunidade.

“Eu convido a todos para que venham celebrar conosco este momento muito importante. É um tempo de festa e de muita alegria, este é nosso ano jubilar. Todas as coordenações e movimentos da nossa paróquia estão empenhados neste trabalho evangelizador”, grifou padre Itamar.

HISTÓRIA

A paróquia Sant’Ana foi criada no dia 10 de março de 1968, com cerimônia presidida pelo primeiro bispo diocesano de Guarapuava, Dom Frederico Helmel, da Congregação Sociedade do Verbo Divino (SVD). O Primeiro Pároco a assumir os trabalhos foi padre Henrique Daniel’s, também da mesma congregação que o bispo. A paróquia Sant’Ana foi a primeira criada por Dom Frederico. Em princípio, seus padres passaram a atender 44 Capelas espalhadas pela cidade e interior do município. Destas, quatro ficavam em Guarapuava e outras quarenta, nos então distritos de Turvo (hoje, município) e Guiracá.

Em seus cinquenta anos de existência, a Paróquia Sant’Ana continua passando por mudanças constantes e várias reestruturações. A cada momento, oportunidades de evangelização e de inserção social são criadas. Como fonte inesgotável de fé e caridade, esta Comunidade é sinônimo de alegria para toda a diocese de Guarapuava.

 

Diopuava

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar