ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Copel e Sanepar vão destinar R$ 2 milhões para restauro da igreja de São Josafat

Igreja localizada em Prudentópolis é tombada pelo Patrimônio Histórico e Cultural do Paraná. Recursos foram viabilizados por meio da Lei Rouanet de incentivo à cultura.

02/07/2018

A Copel e a Sanepar vão destinar R$ 2 milhões, por meio da Lei Rouanet, de incentivo à cultura, para o restauro da Igreja de São Josafat, em Prudentópolis, que é tombada pelo Patrimônio Histórico e Cultural do Paraná.

Em estilo bizantino, a paróquia ucraniana foi construída na década de 1920 e é uma das atrações do município. Prudentópolis abriga a maior comunidade ucraniana do Brasil e está no roteiro nacional do turismo religioso e de natureza.

O município contratou uma empresa para fazer o projeto para o restauro da igreja. Os recursos disponibilizados pela Copel e pela Sanepar serão para as melhorias na estrutura. Para a segunda etapa, que compreende o restauro do interior, será buscado o apoio de novas empresas.

Igreja 

São mais de 200 igrejas latinas e ucranianas na cidade. Na igreja de São Josafat é seguido o rito católico oriental. De acordo com o site do Departamento do Patrimônio Cultural do Estado, a igreja de São Josafat é a matriz das igrejas ucranianas do Brasil.

Ela possui em seu interior um conjunto de artes sacras, com destaque para o famoso Ikonostas, que é a coleção de ícones de madeira representando a vida de Nossa Senhora e dos apóstolos.

O púlpito, em forma de nave, representa a barca de São Pedro, ornada de bordados ucranianos, uma rede de pesca com peixes de madeira e, nos mastros, as cores da Ucrânia.

Foto: Paróquia São Josafat.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar