ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Filósofo aponta como viramos apenas números na rede social

Fabiano de Abreu pesquisa o conceito do "fake econômico": pessoas de verdade, com perfis reais, mas que não movimentam a economia, o mercado do entretenimento; garante que a imprensa é a "fonte segura".

07/08/2018

O país vive um momento difícil em sua economia, e isso se reflete na sociedade. A demanda por eventos e o mercado que representa a indústria do entretenimento diminui, ao passo que a internet aumenta seu poder de influência e de propagação de conteúdo.
 
O filósofo e pesquisador Fabiano de Abreu tem levantado a questão da relevância da rede social e dos influenciadores digitais no Brasil e na Europa, em especial em contexto de crise econômica, que muda o perfil de consumo de cultura e entretenimento. Ele foi o entrevistado desta terça-feira (7), do programa Culturando, da rádio Cultura FM, pelas apresentadoras Céci Maciel e Kátia Karriel. 

(Ouça a entrevista completa, clicando no player).

O Pesquisador e filósofo paivense Fabiano de Abreu é um estudioso do assunto, e tem compartilhado seus pensamentos e reflexões sobre o tema, em palestras, fóruns e participações em rádios e veículos de mídia da América do Sul e da Europa.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar