ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Advogado quer ouvir Marrone sobre caso envolvendo sertanejo Eduardo Costa em Minas Gerais

08/08/2018

O advogado do casal que processa o cantor Eduardo Costa por estelionato, Arnaldo Soares Alves, quer que Marrone, da dupla Bruno & Marrone, seja ouvido na Justiça em processo envolvendo o cantor sertanejo.

Segundo o inquérito, Eduardo Costa negociou uma casa às margens do Lago de Furnas, em Capitólio, no Sul de Minas, avaliada em cerca de R$ 6 milhões, em troca de uma casa na Região da Pampulha, na capital mineira. A diferença de valores – o imóvel em Belo Horizonte vale R$ 9 milhões - seria paga com uma lancha, no valor de R$ 250 mil, uma moto aquática, no valor de R$ 25 mil, e uma Ferrari, avaliada em R$ 1,1 milhão.

O carro de luxo não chegou a ser repassado para o casal, de acordo com Alves. “Disseram que caiu de preço, mas que tinha quem comprasse”, afirmou. Segundo ele, o veículo foi comprado por Marrone e, pela negociação do carro, R$ 800 mil teriam sido entregues para o casal.

Porém, o sertanejo teria comprado o veículo por R$ 1,1 milhão e que esta negociação teria sido feita entre os dois músicos, fazendo com que o casal deixasse de receber pelo menos R$ 300 mil.

O caso faz parte de um outro processo aberto pelo advogado que tramita na Vara Cível de Piumhí, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais. “Nós queremos mostrar que houve má-fé por parte de Eduardo Costa”, disse Alves.

(Fonte: G1)

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar