ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Senado argentino rejeita legalizar aborto

Foram 38 votos contra a mudança na lei e 31 votos a favor, além de uma abstenção e uma ausência.

09/08/2018

Por 38 votos a 31 o Senado argentino rejeitou a legalização do aborto. O projeto previa a legalização do aborto até a 14ª semana de gravidez e havia sido aprovado na Câmara dos Deputados em junho.

A sessão que durou aproximadamente 15 horas terminou por volta das 2h da madrugada desta quinta-feira (09).

A interrupção da gravidez continua a ser um crime punido com até quatro anos de prisão.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar