ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Hospital Santa Tereza depende de financiamento para pagar funcionários; greve foi descartada em assembleia

Hospital já pediu empréstimo bancário, mas ocorreu atraso devido problemas relacionados a garantia. 368 funcionários estão sem receber o pagamento do mês de agosto.

13/09/2018

O pagamento dos 368 funcionários do Hospital Santa Tereza depende da liberação de um financiamento bancário solicitado pela instituição. Foi o que afirmou aos funcionários reunidos em assembleia na tarde de hoje (13) o coordenador financeiro do hospital, Victor Brzezinski. Segundo ele, o dinheiro não foi liberado por problemas relacionados às garantias oferecidas ao banco. No entanto, um pedido liminar foi realizado na Justiça para que o empréstimo seja aprovado e o dinheiro liberado. Não há prazo para decisão.

Depois de expor a situação financeira relacionada ao pagamento dos salários o novo diretor – a frente do cargo há menos de 30 dias – se comprometeu em dar um novo posicionamento sobre a negociação com o banco na segunda-feira (17). Até lá, no entanto, o empréstimo pode ser liberado e os salários pagos.

Depois de ouvir a exposição do coordenador os funcionários presentes votaram se posicionando sobre a realização de greve. Foram 79 votos favoráveis e 75 contrários. Com o resultado a greve foi rejeitada, já que o estatuto do sindicato prevê que ao menos 70% da assembleia deve optar pela paralisação para aprová-la.

Brzezinski não informou detalhes sobre valores do empréstimo. Somente confirmou que as garantias para o financiamento são o patrimônio pessoal dos diretores das instituição.

 

Galeria de Fotos

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar