ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Funcionários do Santa Tereza aprovam indicativo de greve e param sábado (22) se salários não forem pagos

Os 368 funcionários do hospital ainda não receberam os salários de agosto. Administração aguarda a liberação de um empréstimo bancário para poder pagar os trabalhadores.

20/09/2018

Em assembleia realizada na tarde de ontem (19) os funcionários do Hospital Santa Tereza aprovaram um indicativo de greve que inicia em 72 horas. A condição para não parar é receber os salários de agosto, que deveriam ser pagos até o quinto dia útil do mês de setembro. A decisão foi aprovada por maioria dos presentes: 49 votaram pela greve e 2 contra. Segundo Alcione de Jesus Domingues, presidente do Sindicato dos Empregados de Estabelecimentos de Serviço de Saúde de Guarapuava e Região, a forte chuva no momento da reunião impediu que parte dos funcionários participasse.

Também na tarde de ontem (19) a 5ª Regional de Saúde convocou uma reunião para tratar do assunto. No encontro a administração da Associação de Saúde Frederico Guilherme Keche Virmond, mantenedora do hospital, informou que espera fazer o pagamento dos salários em atraso até no máximo amanhã (21).
“O presidente da mantenedora nos garantiu que o empréstimo sai até amanhã (21) e o prognóstico, saindo o financiamento, é muito bom, o novo financeiro do hospital apresentou alguns números e acreditamos que entre dezembro e fevereiro [2019] a situação das finanças seja reequilibrada” disse à Rádio Cultura Marcio Brunsfield, chefe da 5ª Regional de Saúde.

O hospital não tem dinheiro em caixa e busca financiamento bancário para pagar os salários. A direção do hospital informou à Rádio Cultura na manhã de hoje (20) que a documentação para liberar o empréstimo está em análise e pode ser aprovada a qualquer momento.

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar