ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Encontro discute perspectivas pastorais para os padres cantores na Igreja do Brasil

A iniciativa, que reuniu cerca de 15 padres, buscou refletir sobre as perspectivas pastorais para os padres cantores na Igreja do Brasil.

11/03/2020

A Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promoveu nesta terça-feira, dia 10 de março, o VI Encontro de Padres Cantores, na sede da entidade em Brasília (DF). A iniciativa, que reuniu cerca de 15 padres, buscou refletir sobre as perspectivas pastorais para os padres cantores na Igreja do Brasil. O presidente da Comissão, dom Joaquim Giovani Mol, disse que a proposta é justamente promover a trocar de experiências entre os participantes: “Felizmente temos conseguido reunir um pequeno grupo com a esperança de que a gente consiga também a adesão de muitos outros padres para criar uma comunhão também neste campo da Igreja no Brasil”.

O encontro começou por volta das 07h30 com um café da manhã, no Centro Cultural Missionário (CCM), local onde os padres ficaram hospedados. Às 8h30, acompanhados dos assessores nacionais da Comissão, padre Tiago José Sibula da Silva e Manuela Castro, os padres cantores realizaram um tour por Brasília. “Nós estamos acolhendo muitos padres que pela primeira vez estão vindo à Brasília, então aproveitamos para fazer um giro com eles, um tour nos principais pontos como a Catedral de Brasília e depois a igreja dedicada a Dom Bosco, onde nos colocamos a visitar, mas sobretudo, também para fazermos um momento de oração”, explicou o padre Tiago.

Depois de conhecerem os principais pontos turísticos da capital do país, os padres cantores chegaram à sede da CNBB. “Apresentamos a sede da Conferência Episcopal e celebramos a Santa Missa, que foi presidida por dom Mol”, contou padre Tiago. Na parte da tarde, como parte da programação, os padres participaram de uma roda de conversa sobre “as perspectivas pastorais para os padres cantores na Igreja do Brasil”. “A ideia é buscarmos à luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da igreja no Brasil um alinhamento mínimo, de modo que mesmo falando palavras diferentes e de formas diferentes estejamos falando do mesmo Evangelho”, explicou o presidente da Comissão, dom Joaquim Giovani Mol. 

Ainda dentro da proposta da temática central, os padres juntamente com os membros da Comissão elaboraram propostas para a definição de um plano quadrienal. “Ouvindo-os vamos planejar os próximos três anos de acompanhamento pastoral dos padres cantores da Igreja no Brasil”, afirmou padre Tiago Sibula.

Participante do encontro o padre Ezequiel Dal Pozzo, da diocese de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, disse que a iniciativa proposta pela Comissão era de comunhão. “Acho que é uma iniciativa para criar comunhão e, ao mesmo tempo, para perceber as iniciativas que podemos ter juntos para respondermos aos desafios do nosso tempo”, disse. Cantor e compositor, o sacerdote percorre o Brasil com shows, palestras, missas e pregações, difundindo a ideia de que Deus é amor e está continuamente presente em nossos dias. 

Padre Ezequiel também apresenta o programa Despertar para o Amor na TV. No rádio possui uma mensagem diária em mais de 900 emissoras de 19 estados brasileiros e até em Bogotá, capital da Colômbia. Semanalmente, mais de 100 jornais do país publicam seus artigos. “Nós temos que purificar a imagem daquele Deus que castiga, que pede sacrifícios, porque na verdade Deus quer é que sejamos felizes e só felizes, por isso a construção da felicidade é uma tarefa de cada pessoa humana”, disse. 

O encontro terminou no final da tarde com a oração e benção de envio dos padres. “Saio daqui com a seguinte perspectiva: o que precisamos fazer para atingir mais o coração das pessoas e para sermos mais fecundos naquilo que fazemos?”, finalizou o padre Ezequiel. 

 

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar