ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Gastronomia da Faculdade Guairacá prepara 2ª Feira Asiática

O evento é realizado durante disciplina ministrada pelo professor Guilherme Romani.

08/11/2018

O curso de Tecnologia em Gastronomia da Faculdade Guairacá organiza mais um grande evento de degustações. A 2ª Feira Asiática é aberta a comunidade e acontece na próxima segunda-feira, 12 de novembro, a partir das 20h20 no hall de entrada da instituição. Os pratos serão comercializados com o valor único de R$8.

O evento é realizado durante disciplina ministrada pelo professor Guilherme Romani. “A Feira Asiática tem como objetivo trazer uma experiência de vendas e produção no ramo da gastronomia, melhorando a elaboração de fichas técnicas e trabalhando com o custo das preparações”, explicou.

A culinária asiática mescla ingredientes exóticos, com explosão de sabores ao utilizar especiarias para incrementar experiências à alimentação. De acordo com o professor, os alunos serão divididos em 11 grupos e cada grupo trabalha com comidas típicas de um determinado país, sendo: Israel, Marrocos, Turquia, Tailândia, Vietnã, Cingapura, Japão, China, Coreia, Índia e Sri Lanka.

Todo o valor arrecadado na Feira Asiática será investido em palestra show com renomados chefs de cozinha. Confira alguns pratos a serem comercializados:


Gon Bao Ji Ding

A gastronomia chinesa se popularizou por quase todo o mundo. Entre os pratos mais tradicionais está o Gon Bao Ji Ding, feito com pedaços de frango, pimenta caiena e amendoim. A origem foi na dinastia Qing quando havia um governador na província de Sichuan que gostava de cozinhar e inventou o prato para convidar amigos. No Ocidente passou por algumas alterações e ficou conhecido como Frango Xadrez. O nome é provavelmente pelo desenho formado pelos componentes do prato.  Dentre os ingredientes que permanecem na receita estão o frango, molho de soja e amendoim, os demais ingredientes podem variar de acordo com a região.

 

Hotteok

Hotteok é um tipo de panqueca coreana e é um alimento de rua muito popular no país. Acredita-se que o hotteok originou-se dos comerciantes chineses que imigraram para a Coreia no século 19. Ao contrário das panquecas chinesas mais conhecidas, que geralmente contêm recheio de carne, o hotteok é recheado com ingredientes doces, para atender o gosto dos coreanos. O recheio mais tradicional é uma calda de açúcar mascavo, canela e nozes.

Galeria de Fotos

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar