ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Polícia confirma que Marília Mendonça morreu vítima de politraumatismo

Informações foram divulgadas em uma coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (25). Investigações sobre a causa do acidente continuam

26/11/2021

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou que Marília Mendonça realmente morreu de politraumatismo no acidente aéreo em Piedade de Caratinga, interior de Minas Gerais, no dia 5 de novembro. Além da cantora, estavam a bordo da aeronave o tio da artista e que também era seu assessor, Abicieli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Ribeiro, o piloto, Geraldo Medeiros, e o copiloto, Tarciso Viana.

De acordo com o médico-legista Thales Bittencourt de Barcelos, a conclusão final dos laudos é de que todos os ocupantes do avião foram vítimas de politraumatismo contuso, ocasionado pelo choque da aeronave com o solo. As informações foram divulgadas em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira (25).
As investigações sobre as causas do acidente ainda continuam e a polícia agora trabalha com o depoimento de um piloto que decolou de Viçosa e pousou em Caratinga, e que estava a 20 minutos da aeronave que transportava Marília Mendonça.

Segundo o delegado Ivan Lopes Sales, também presente na coletiva, este piloto conversou por rádio com o piloto do avião da cantora que não reportou problemas na aeronave. "O que chama atenção, é que em um determinado momento, uma expressão que esses pilotos usam aqui, é que 'um piloto já estava na perna do vento da 02'. O que significa isso? Que o piloto já estava em procedimento de pouso", disse o delegado.

"Quando ele fala que estava 'na perna do vento da 02', pela oitiva desse piloto, a estimativa que se faz é de que o piloto que acidentou estava a 1 minuto, 1 minuto e meio do pouso, quando, infelizmente, parece que ele se chocou - a gente fala que 'parece', porque a gente ainda precisa dessa perícia - com a rede de transmissão da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais)", continuou.

 


Fonte vagalume
 

Comentários