ouça as rádios cultura FM 93 FM
facebook instagram twitter youtube

Nomeado novo bispo para a diocese de Lorena (SP)

Dom Joaquim Wladimir Lopes Dias era até então bispo de Colatina (ES).

13/01/2021

A Nunciatura Apostólica comunicou na manhã desta quarta-feira, 13 de janeiro, a decisão do papa Francisco em nomear dom Joaquim Wladimir Lopes Dias, atual bispo de Colatina (ES), para a diocese de Lorena (SP), vacante desde a transferência de dom João Inácio Muller, ocorrida em 2019, para a arquidiocese de Campinas (SP).

Dom Joaquim

Dom Joaquim Wladimir Lopes Dias nasceu em 23 de outubro de 1957, em Cafelândia (SP). Fez o ensino básico no Grupo Escolar de Cafelândia e o ensino médio na Escola Estadual Professor José Ranieri, em Bauru (SP). Em 1979, graduou-se em Administração de Empresas, na Faculdade Padre Anchieta, em Jundiaí (SP). A iniciação cristã foi realizada na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, em sua terra natal, na Diocese de Lins. Ingressou no Seminário Diocesano de Jundiaí e estudou Teologia no Instituto Pio XI de 1994 a 1997. Após os estudos, foi ordenado diácono em 8 de agosto de 1997, vindo a exercer o ministério diaconal na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Jundiaí.

Foi ordenado sacerdote no dia 12 de dezembro do mesmo ano. A partir de então, exerceu as seguintes funções na Diocese de Jundiaí: codiretor do movimento Cursilho de Cristandade (dezembro de 1997); vigário da Paróquia São Sebastião (Itupeva, dezembro de 1997); pároco da Paróquia São Francisco de Assis (Campo Limpo, janeiro de 1999); pároco da Paróquia Nossa Senhora da Piedade (Várzea Paulista, outubro de 2001); presbítero a serviço da Diaconia Territorial de Santo Antônio (Botujuru, Campo Limpo Paulista, junho de 2002;) vice-reitor do Seminário Nossa Senhora do Desterro (Jundiaí, janeiro de 2003); membro do Colégio de Consultores da Diocese de Jundiaí (janeiro de 2006); reitor do Seminário Nossa Senhora do Desterro (Jundiaí, fevereiro de 2006); vigário paroquial da Paróquia Nova Jerusalém (Jundiaí, fevereiro de 2006); vigário geral da Diocese de Jundiaí (fevereiro de 2006); pároco da Paróquia São Roque (Jundiaí, janeiro de 2009); e administrador diocesano (março de 2009).

Em 21 de dezembro de 2011, foi nomeado pelo Papa Bento XVI bispo titular de “Sita” e bispo auxiliar da Arquidiocese de Vitória (ES). Foi ordenado bispo em 4 de março de 2012. Em 14 de maio de 2014, foi nomeado administrador apostólico da diocese de Colatina. No dia 4 de março de 2015, foi nomeado bispo da diocese de Colatina, pelo Papa Francisco.

Entre 2015 e 2019, dom Wladimir foi vice-presidente do Regional Leste 2 da CNBB. Na ocasião, as Indicações Pastorais para as dioceses de Minas Gerais e Espírito Santo eram Igreja: Comunidade de Comunidades em Missão; Iniciação à Vida Cristã (IVC) na comunidade e Cuidado com a Casa Comum.

 

CNBB

Comentários




acompanhe a central cultura no facebook

Basta clicar no botão Acompanhar logo abaixo.

Fechar